28 de novembro de 2012

Cassiano Pellenz vive O pequeno Príncipe


Antes de ser cabeleireiro e maquiador ele já era um performer de teatro e dança, com vontade de voltar a fazer sua arte nos palcos ele desenvolveu a produção de seu novo trabalho depois de dois anos sem atuar em nenhum projeto e convida a todos para assistirem a estréia de O pequeno Principe não tem facebook, no Espaço Vasco Prado , sexto andar da CCMQ (Casa de Cultura Mario Quintana), estréia no dia 5 de Dezembro as 20 horas.   A performance vem abordando um vício. O cibervicio, que nada mais é do que o vício em internet que é conhecido também como compulsão à internet ou internet-dependência. Os ciberviciados passam muito tempo em frente ao computador e  têm sua vida pessoal, profissional e sentimental afetada pela permanência exagerada na internet.  Em O Pequeno Príncipe aborda-se a todos que não ficam sem ver facebook,  que é nos dias de hoje uma das redes sociais que mais colaboram para os viciados em internet ficarem online.  A Performance questiona a necessidade de estar em “existência” virtual e de que como as pessoas vem perdendo valores significativos como a amizade, em status nas redes a maioria das pessoas parece ser feliz o tempo todo, em mostra-se sempre em atividades de ganho.
Acontece texto fragmentado da obra de Antonie Saint Exupéry e do próprio autor.
Todos convidados!
A performance segue em cartaz em 2013. 

Nenhum comentário: