13 de maio de 2012

O último ato das tesouras: morre Vidal Sasson, o revolucionário



Nascido em Londres, em 1928, o revolucionário cabeleireiro Vidal Sassoon . abandonado pelo pai aos três anos de idade, tendo passado então sete anos em um orfanato de judeus. Aos 14 anos trabalhou como mensageiro e logo após começou o aprendizado de cabeleireiro, o que ninguém imaginava é que ele seria mais que um simples menino... vindo de um orfanato, e que se tornou um dos principais cabeleireiros da sua época e da atualidade. Nos Estados Unidos estudou na universidade de Nova Iorque. Como cabeleireiro, foi notado por ter criado uma forma de penteado baseada na Bauhaus, (Escola de design, artes plásticas e arquitetura de vanguarda que funcionou entre 1919 e 1933 na Alemanha. A Bauhaus foi uma das maiores e mais importantes expressões do que é chamado Modernismo no design e na arquitetura, sendo a primeira escola de design do mundo. E as formas geométricas ousadas desta escola influenciaram aos cortes de Vidal Sassoon.
Sassoon começou a revolucionar a época e criou uma nova técnica de corte, cortes geométricos feitos em linha reta e trabalhados em cima do brilho natural dos cabelos. Não parou por aí, ele continuou revolucionando, e em 1963 criou um corte penteado angular em um plano horizontal, na verdade este foi à recriação do clássico “corte-bo”.
A técnica de corte geométrico feita por Sasson parecia ser feita de forma severa, mas na verdade, a fundamentação é baseada no corte livre e trabalhado em cima do próprio brilho do cabelo.
No ínicio dos anos 80, Sasson vendeu seu nome para a multinacional fabricante de produtos capilares Procter & Gamble, em 2003 a empresa foi processada, Vidal a acusou de destruir sua marca por ter economizado no marketing para ajudar outras empresas como a nomeada Pantene. A ação foi resolvida entre eles antes mesmo do julgamento e não se sabe o fim.
A primeira academia foi fundada na década de 70 em Londres e hoje está presente em mais de 13 países. A principal missão da academia está no estilo de vida de cada cliente, para eles não basta um corte bonito com técnicas perfeitas, “No Sassoon, orgulhamo-nos em criar uma fusão perfeita de cor, corte e cliente”. Lema da escola. Lá, formam um design de cabelo, capaz de harmonizar cor e corte, fazendo com que cada um reforce o efeito do outro para ter um grande resultado final.
A Rainha, Londres e o mundo assim como nós cabeleireiros do Brasil prestamos nossa homenagem a este que sem dúvida marcará a história da moda no mundo, para sempre.

Texto de Cassiano Pellenz

Nenhum comentário: